29
Jun 09

Quero encontrar-me contigo onde não me doas,

onde as cinzas dos teus incêndios

não me azedem os olhos.

Quero encontrar-me contigo

onde me saibas a mar.

publicado por nanferdinan às 07:31
sinto-me:
música: Beijinhos na boca, arrepios no peito

4 comentários:
até parece simples, não é meu amigo?
Abraço forte, a nossa conversa de Domingo à tarde, interrompida abruptamente, espera ansiosamente pelo nosso retorno ;)
Demian a 30 de Junho de 2009 às 14:32

Não me ocorre nada de desenvolto do que isto para te dizer e que é sincero - isto tá muito bonito meu...
Grande abraço
Jon a 30 de Junho de 2009 às 14:51

estão lindos os textos continua mais e mais,....


love u

:D
filhona
bmm a 30 de Junho de 2009 às 17:29

É mesmo isso, primito... Também me sinto neste belo poema... Namaste
Susana a 1 de Julho de 2009 às 00:27

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
25
27

28
30


arquivos
2012

2011

2010

2009

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO